Standard di razza dei gatti Sphynx
Sphynx Nobilgatti

Orelhas: Grandes, largas na base, e aberta, ligeiramente arredondada na extremidade, expostas nem diretas nem baixas em ambos os lados da cabeça, mas devem formar um ligeiro ângulo.

Olhos: Grandes, muito expressivos, em forma de limão. Podem ter qualquer cor em conformidade com o manto, entre todas, a cor azul é muito procurada e apreciada nesta raça.

Cabeça: Ligeiramente mais longa do que larga, as maçãs do rosto são protuberantes, o stop deve ser ligeiramente marcado, uma quantidade de pêlo variável devem estar presentes nas narinas.

Pescoço: De comprimento médio, convexo e musculoso. Arqueada dos ombros à base do crânio. Robusto, especialmente nos machos.

Corpo: De comprimento médio, compacto e musculoso, não é frágil. O Ventre é particularmente convexo, mas não é obeso. Peito bem desenvolvido. Absolutamente desprovido de pêlos. Nota importante: quanto maior a “aspereza” da pele, maior será o valor do exemplar

Pés: Oval com dedos proeminentes, longo e finos. As patas inferiores dos dedos são muito espessos e dão a impressão de que andem sobre um travesseiro de ar. A presença de pêlos é aceita.

Patas: Longas, proporcional ao corpo. As posteriores são ligeiramente mais compridas do que as anteriores. As patas anteriores são bem afastadas. Ossaturas média, sólida; músculos bem desenvolvidos.

Sphynx Bambino – Patas: Tribunal, não proporcionais ao corpo. Os traseiros são ligeiramente mais desenvolvidos que os da frente. Pernas dianteiras muito abertas. Estrutura óssea compacta e compacta; músculos abundantemente desenvolvidos.

Cauda: Fina, grossa na base e se afina no sentido da extremidade. Comprimento proporcional ao corpo. A “cauda de leão” (com tufo de pêlos mais ou menos igual a extremidade) é aceita.

Cor: Qualquer tipo de cor é aceita, incluindo o “tabby” (tigrado), o manchado (cor malhado de várias manchas de branco), o tortie (cor como concha de tartaruga), e a cor point (cores térmicas).